• Renata Carlini

Brigadeiro de colher (sem açúcar, low carb e keto)

Atualizado: Jul 31

Testei a receita com creme de leite fresco, em lata e caixa para te contar as diferenças de cada um

Fotografias: Felipe Bezerra


Procurando uma receita prática, gostosa e que é a cara do Brasil? Brigadeiro de colher! e claro, sem açúcar e cetogênico/low carb. Para facilitar, eu pesquisei e testei algumas versões diferentes da receita para tentar encontrar a melhor e compartilhar com você. A base desse brigadeiro é o creme de leite, então decidi provar preparando com creme de leite fresco, creme de leite em lata e creme de leite de caixinha (ou creme de leite "leve").

   Se quiser fazer pouca quantidade apenas para matar a vontade, faça meia receita (uma lata de creme de leite rende uma porção bem generosa de brigadeiro).


Creme de leite fresco, em lata ou caixinha?

Preparei as três versões para te contar como fica com cada uma delas. Eu particularmente prefiro com creme de leite em lata (sem o soro). Para mim, foi a versão que ficou mais parecida em textura e sabor com o brigadeiro tradicional. Outro ponto a favor do em lata é o fato dele ser mais barato do que o fresco, por exemplo. O creme de caixinha fica com o sabor agradável, mas a textura fica menos agradável e mais gelatinosa. Já o creme fresco (vendido em garrafinhas na parte de laticínios refrigerados do mercado) fica com uma cor mais escura e funciona bem. Em relação ao sabor, é o que mais difere de um brigadeiro comum. Apesar de diferente, no entanto, o sabor é gostoso. 

   Se levarmos em conta o rótulo de cada um, o creme de leite fresco ganha. Isso porque é composto apenas por creme de leite pasteurizado. Em segundo lugar ficaria o em lata, que contém creme de leite e estabilizante fosfato dissódico. Por último, o creme de leite "leve" leva, além de creme de leite, leite em pó e estabilizantes e espessantes. Veja abaixo como ficou a receita preparada com cada um deles (da esquerda para a direita: creme de leite em lata, creme fresco e caixinha):


INGREDIENTES

  • 1 lata de creme de leite (sem o soro)*

  • 30g de manteiga

  • 30g de cacau (aproximadamente 4 colheres de sopa)**

  • 30g de eritritol (aproximadamente 3 colheres de sopa)***

*Se optar pelo creme de leite de caixinha, basta substituir uma lata por uma caixinha. Se preferir usar o creme de leite fresco, coloque cerca de meia garrafinha (250ml).

**Se gostar do chocolate mais amargo, coloque um pouco mais de cacau.

***A quantidade de adoçante varia muito dependendo do seu gosto. Minha sugestão é colocar um pouco menos da quantidade indicada e ir provando até chegar no doçor ideal para você.

Eu testei usar o stevia como adoçante, mas não recomendo. Achei que o retrogosto ficou muito evidente.


COMO FAZER


1. Derreta a manteiga em fogo baixo para não queimar. Adicione o cacau e misture até ficar bem incorporado (é importante misturar o cacau com a manteiga antes para evitar que fiquem gruminhos de cacau no brigadeiro, se você colocar o cacau depois ele empelotará). Essa mistura formará uma massa um pouco pastosa, é normal.


2. Adicione o creme de leite e mexa até que esteja bem incorporado.


3. Adicione o eritritol (prove para ajustar o doçor).


4. Misture em fogo médio até a mistura engrossar e ficar com consistência de brigadeiro.


Empelotou?! O fouet (batedor de claras) salva. Basta usá-lo para misturar bem o brigadeiro até que todos os gruminhos sumam.

Gostou da receita? Me conta o que achou aqui nos comentários! E não esquece de se inscrever aqui embaixo para receber avisos de receitas e novidades do blog!



Se inscreva para receber as novidades!

© 2020 por Renata Carlini.